domingo, julho 30, 2006

Bom ministro

Luís Amado, ministro da Defesa, está a pôr o dedo nas verdadeiras feridas desta Europa. Afirmou que a política externa da UE é uma enorme confusão. Pois é. Começa a perceber-se muito melhor a fúria dos Torquemadas anti-semitas da esquerda quando Sócrates nomeou Luís Amado para o lugar do inenarrável Freitas. E começa também a ficar cada vez mais claro o que une os terroristas, os nazis e esta esquerda e uma certa direita anti-semitas.

2 Comments:

Blogger AA said...

muito bem...

12:29 da tarde  
Blogger Joshua said...

Uma comum e abrangente dor no cu? Concordo. A França anti-semita é o exemplo mais flagrante de um posicionamento desequilibrado do ponto de vista dos pronunciamentos do poder eleito, o que se explica tendo em conta o poderoso lóbi islâmico que está a subverter inteiramente a face do país.

Em breve, ver-se-á ali em queda a religião laica em favor da religião islâmica nos próximos anos.

11:19 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home