sábado, janeiro 21, 2006

Tiro pela culatra

O PS queria Souto Moura com urgência no Parlamento. O BE espumava de raiva por não ter o procurador em São Bento. Souto Moura lá foi e saiu-se muito bem. Os pobres deputados, da esquerda à direita, com destaque para a inqualificável Drago, mostraram não só ignorância como revelaram uma profunda má-fé em todo este processo. Tiveram entradas de leão e saídas de sendeiro. Mas o bom e o bonito vai acontecer quando o processo-crime em curso terminar. E, entretanto, Souto Moura vai continuar merecidamente no seu lugar até final de 2006. Para desespero dos socialistas e acólitos de ocasião.

1 Comments:

Anonymous Anónimo said...

clap clap clap!!!

10:11 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home