sábado, março 11, 2006

A senhora del Ponte

Milosevic morreu. Na sua cela do Tribunal Penal Internacional em Haia. Uma situação no mínino embaraçosa para a senhora del Ponte. Na guerra civil dos Balcãs não há inocentes. Todos mataram, cometeram crimes horríveis e violaram os mais elementares direitos humanos. Milosevic não foi pior nem melhor que outros chefes políticos. Como Tudjman, o croata. A senhora del Ponte sempre olhou para os sérvios como criminosos do pior. Esqueceu, pelo caminho, os crimes hediondos de bósnios muçulmanos e croatas. Agora ficou sem o seu troféu de guerra. Coitada. O ódio é sempre mau conselheiro.

4 Comments:

Blogger Sofocleto said...

O meu amigo esquece-se do dedo americano. Aqueles que tinham por objectivo o desmembramento da Jugoslávia. Foram eles que iniciaram a guerra.

Agora Milosevic foi encontrado morto na cela. Há dias tinha sido Babic. Dar-se-ia o caso de serem testemunhas inconvenientes?

9:16 da tarde  
Blogger Pedro Sá said...

A Jugoslávia estava condenada. E qual é o problema de ela ter desaparecido ?

Ridícula é a sistemática atitude da diplomacia europeia em sempre querer manter as coisas como estão.

Milošević foi o responsável político pelo que se passou. E quem mais sofreu e ainda sofre é o povo sérvio, gente extremamente simpática e decente que não o merecia.

10:53 da manhã  
Blogger Sofocleto said...

pedro sá:

A Jugoslávia estava condenada porquê? Você esgrime aqui três argumentos qual deles o mais estúpido.

4:38 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

To sofocleto

Filho, aprende primeiro a falar com educação.

Pensar bem é difícil.
Copiar não é pensar.
O internet torna muitos menos sábios.

Agora ter educação é uma questão de vontade.

O outro senhor exprimiu o seu pensamento. E V. Exa não suporta outras opiniões? É triste se assim ser.

Deseja respeito? Mostre o mesmo.

Cumprimentos

Um rato

6:29 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home