quinta-feira, julho 06, 2006

Greve?

Os sindicatos da função pública parece que estiveram em greve. Parece porque ninguém reparou. A não ser os próprios e as suas extraordinárias centrais de informação, que passaram o dia a tentar mostrar o contrário do que realmente se passou. Ou seja, o País não deu pela greve.

5 Comments:

Anonymous «Liblog» said...

eh eh eh, é isso mesmo! Cumprimentos.

10:43 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Infelizmente, houve quem desse pela greve.
Os que viram adiadas intervenções cirúrgicas, por exemplo.
Nesse aspecto, a greve foi simplesmente criminosa e quem a fez devia responder perante a justiça.
Mas a justiça é coisa que, como é sabido, está de rastos em Portugal...

8:41 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Aí em baixo, a propósito das quebras nas vendas de jornais, diz que "as cabeças, essas, continuam enfiadas na areia." Eu deixei de ler o DN para não ter de aturar a orientação que deu ao jornal. Quem mete o quê, aonde?

7:37 da tarde  
Blogger PAPA AMORAS said...

Uma má utilização de um instrumento da idade da pedra!

Quem sofre são os utentes, mesmo aqueles que lançando um ar pungente na direcção das perguntas desferidas pelos repórteres se mostram a favor da 'greve do dia' (possivelmente com (muito?) medo de estarem a ser vistos por 'alguém conhecido').

O mundo vai andando, mas existem locais onde as imagens dos reality shows têm mais força e não deixam os responsáveis sindicais tomarem conhecimento do que se vai passando... no mundo real!

3:07 da manhã  
Blogger Toastie said...

realmente a funçao publica estar de greve ou nao estar e a mesma coisa: NAO FAZEM ABSOLUTAMENTE NADA!

10:31 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home