domingo, novembro 13, 2005

FFF

O sítio dos três F está vivo e recomenda-se. A multidão que participou na procissão da Igreja de Fátima aos Restauradores é prova disso. Chuva e frio não afastaram milhares de cidadãos das ruas de Lisboa. A Igreja mostrou que bate, sem muito esforço, qualquer manifestação da CGTP, Partido Comunista, funerais de Estado, tipo Sá Carneiro, Amália e Cunhal, greves da Função Pública e outras coisas mais. O sítio de Fátima, do futebol e do fado está vivo. Salazarento, corrupto, falido, mas vivo.

6 Comments:

Blogger Martim Silva said...

Em grande forma, esta manhã, na RTP-N.
Um abraço.

PS: Grave lacuna a ausência do Mau Tempo aí ao lado.

11:03 da manhã  
Blogger FTA said...

Eu diria mesmo em excelente forma...
Um abraço

PS: Grave lacuna a ausência do Mau Tempo aí ao lado.

11:26 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Nao te vi, mas tenho pena.
Um beijo

10:10 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

“A escumalha de Outubro de 2005 é muito parecida com a escumalha de Maio de 1968; não passam necessidades.” – Quitéria Barbuda in “Deus Pátria e Autoridade”, Revista “Espírito”, nº 22, 2005.

www.riapa.pt.to

10:31 da manhã  
Blogger Luís Bonifácio said...

Sinceramente temos uma democracia dos dois FF. Pois o Fado e Futebol estão hoje muito melhores que no tempo do Botas. Aliás, quando comparado com a realidade de hoje, o salazarismo caracterizava-se por ser um Regime Anti-Futebol. Os oprimidos Portugueses apenas tinham direito a meia-hora de bola aos Domingos á noite, á final da taça, e excepcionalmente, muito excepcionalmente aos jogos-fora das equipas Portuguesas nas taças europeias

9:12 da manhã  
Anonymous MMartelo said...

Ribeiro Ferreira: falido está o prazo de validade dos seus "óculos": algo mortal para qualquer jornalista, que sem eles não consegue ver...

10:29 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home