quinta-feira, maio 04, 2006

Irão

Mais tarde ou mais cedo os EUA e o Reino Unido terão de entrar numa nova guerra. Depois do Afeganistão e do Iraque será a vez do Irão. Os criminosos já sabem que não ficam impunes. Nunca mais. A guerra iniciada em 11 de Setembro de 2001 continua.

9 Comments:

Blogger Pedro Sá said...

Claro, e a seguir a Rússia e a China não ???

10:21 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Assim, sem mais. Bons dum lado maus do outro. Mas que raio de jornalismo é este!

12:20 da tarde  
Anonymous M said...

Não brinque amigo, com as taxas de popularidade nas ruas da amargura, e o preço do petroleo na casa dos 70 dolares ahmadinejad até pode gritar ao mundo que o holocausto nunca aconteceu

7:11 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

E o que é que o Irão tem a ver com o 11 de Setembro?

3:50 da manhã  
Anonymous J Ferreira said...

O homem ensandeceu.
Não vive cá.
Deve estar a passar férias no Iraque.
A tomar banho no Tigre.

9:39 da tarde  
Blogger Luís Marvão said...

ARF,

O senhor não é deste mundo, pois não?

3:15 da tarde  
Anonymous EUROLIBERAL said...

Um dia triste, uma catástrofe (a Nakba) para os Untermenschen palestinianos, que por não pertencerem ao "povo eleito" foram massacraddos, exilados, guettizados, apartheidizados e humilhados até hoje. O sionismo é um verdadeiro crime contra a humanidade, a outra face do nazismo. Os judeus tinham o direito de irem viver para a Palestina, onde sempre existiu uma importante minoria, mas não de aí instalarem um estado fundamentalista, racista apartheidesco e neo-nazi, baseado na exclusão do Outro, do Gentio ou Goy. Isso também fizeram os Reis católicos e Hitler... A defesa de um território reservado à raça pura ou ao povo eleito por um deus privativo é intrinsecamente nazi, nazi-sionista. É de muito mau gosto comemorar tal data. Não se pode construir a felicidade sobre a infelicidade do Outro. Para os cristãos, o Outro é Deus, porque ELE É UNIVERSAL E TODOS SÃO FILHOS DE DEUS. O regime sionista será aniquilado e a Palestina voltará a ser livre, democrática e multicultural.
O Irão prepara-se para libertar a Terra Santa dos terroristas nazi-sionistas...

2:05 da tarde  
Anonymous EUROLIBERAL said...

IRÃO PRONTO A ESMAGAR OS TERRORISTAS CRUZADOS

Não, eu se fosse ao Pentagono não arriscaria, e parece que os generais estão a aconselhar os politicos neo-coneiros a não arriscar... é que o moral das tropas estrá baixíssimo e não há mais reservas disponíveis. Depois,não seria uma luta de guerrilhas com AK's e RPG's como no Iraque. Haveria uma táctica de guerrilhas sim, mas com 100 vezes mais efectivos e sobretudo com armas sofisticadas de terrível eficácia que destruiriam efectivamente toda a 5ª Esquadra e seus aviões. Veja-se que a Marinha iraniana não tem grandes navios de superfície, mas centenas de lanchas lança-mísseis ultra-rápidas e indetectáveis por radar e submarinos, além de barcos teleguiados. Os mais rápidos torpedos do mundo de origem russa e toda a panóplia de mísseis furtivos para uso em terra, mar e ar. Sistemas anti-aéreos russos do último grito e dromes. E a arma suprema, a capacidade de luta e de sacrifício, mil vezes superior à dos cruzados. Não é preciso ser grande especialista para prever que se há ataque, os americanos levarão a maior lição de toda a sua história. Não há bluffs e a confiança iraniana é total. A Coboilândia vai borregar e perder a face. E caso arrisque uma aventura louca, perderá a face e todo o coirão... e o Califado restaurado sobre a égide iraniana (tal como o Reich Alemão sob Bismarck após a vitória de Sedan sobre a França em 1870) regulará depois a sorte de Jerusalém e dos nazi-sionistas... Podem escrever...

2:07 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

EUROLIBERAL
Arriscas-te a ir agarrado a uma bomba para o Irão

10:26 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home