segunda-feira, junho 26, 2006

A batalha de Nuremberga

Portugal ganhou à Holanda. E ganhou muito bem. Foi uma autêntica guerra. Só que desta vez o País salazarento, o tal dos bons costumes, que gosta da neutralidade e vende volfrâmio aos beligerantes não esteve no Estádio de Nuremberga. Não. No jogo com os 'laranjas' esteve uma selecção de gente sem medo, que não voltou as costas à luta e acabou por ganhar a batalha. Com mortos e feridos, mas ganhou. Uma certa rapaziada, roída de inveja, podre de raiva, salazarenta até mais não, já começou a vociferar contra o comportamento dos jogadores, a falar em fair-play e outras balelas do costume. Rapaziada: um exército comandado por um brasileiro deu cabo dos holandeses. E deixou este sítio em estado de sítio. Cheio de orgulho e de vontade de vencer. Vencer. Não esqueçam. Neste país de chicos espertos, gente merdosa e medrosa a selecção deu-nos uma enorme lição. E o resto são tretas. Bafientas.

5 Comments:

Blogger Luis Vicente said...

Mais nada!!!
Viva PORTUGAL!!

5:12 da tarde  
Blogger luikki said...

ai!
quem quer correcção, e não concorda com chico-espertismos e insurrectos é salazarento?
boa! brilhante!

6:25 da tarde  
Blogger Assobio said...

Refuto a acusação de salazarenta, mas gostava de saber qual era a reacção de muita gente se Portugal tivesse perdido ontem... seriam assim tão heróicos, aqueles terrores da relva?
Seriam tão elogiados, aqueles lances mais à perna do que à bola?
Se tívessemos tido o azar dos holandeses, a esta hora, já estava a selecção enforcada... pelos mesmos que agora a elogiam!

8:48 da tarde  
Blogger ISA said...

é pá ó assobio, tem juízo e revê o jogo, OK? falta de fair play hpuve sim, mas dos holandeses como mt bem disse Scolari no fim do jogo. o comportamento do Figo ao pé disso é até muito bom. e o figo n é pessoa pra fazer o que fez. e fez pq? o que é que o levou a fazer aquilo? o árbitro n viu e o assobio tb n. abram os olhos e viva o Felipão! o miguel, o deco, o figo, o maniche, o pauleta, o SIMAO e por aí fora, cristiano ronaldo incluído, que se preparava para suar a camisola e fazer um jogaço, finalmente.

o que é que diziamos se tivéssemos perdido? que o árbitro é um ladrão e n controlou nada, o mesmo que dizemos hoje, com a diferença de que ainda assim, contra tudo e todos, ganhámos!

12:40 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

«(...)País salazarento, o tal dos bons costumes, que gosta da neutralidade e vende volfrâmio aos beligerantes(...)».

Ele é cada Phantasma !

11:12 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home