quarta-feira, novembro 01, 2006

Extraordinário II

Os sindicalistas que andam aos berros atrás de Sócrates por tudo o que é aldeia, vila ou cidade não trabalham e são pagos pelos contribuintes. Extraordinário sítio. Viva a Constituição e este sítio salazarento e sem emenda.

2 Comments:

Blogger Pedro Sá said...

Queixe-se da lei mas não da Constituição que não é para aqui chamada...

E, mesmo que o fosse, como queria que houvesse sindicatos sem destacamentos e dispensas ? Seria impraticável.

Outra coisa será discutir se o número de destacados e o número de dias de dispensa não será excessivo. Aí tudo é discutível.

9:23 da manhã  
Anonymous «Liblog» said...

Apesar do "exagero", o que é certo é que a "essência" da questão está lá... E quanto ao "amigo" Pedro Sá, parece-me que deve ter-lhe escapado alguma coisa, pois o que é certo é que com os trabalhadores de qualquer outra empresa (que não o "estado") tudo se passa de maneira bem diferente no que toca a manifestações, protestos, greves...

5:35 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home