segunda-feira, julho 24, 2006

É a Europa, estúpidos!

O secretário da organização do PSOE do cobardolas Zapatero afirmou que os civis são alvos estratégicos de Israel. Os democratas liberais ingleses querem que o Governo de Blair suspensa a venda de armas ao Governo de Jerusalém. É a Europa de sempre. Do Holocausto até agora.

6 Comments:

Anonymous Anónimo said...

E já lá vão uns 400 terroristas mortos da Líbano e bem mortos, dez vezes mais que as baixas de Israel.
Para ver se aprendem. De vez.
Viva a guerra.
Que pena não serm 4 mil, ou mesmo 40 mil. Para honra e glória de Jeová.
Viva a guerra.

9:20 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O autor dos bilhetes do blogg, é o mesmo cavalheiro que chamava criminosos aos autores dos bombardeamentos da antiga Jugoslávia, nos editoriais do DN?
Clinton & Blair, eram então «criminosos», pelas acções na Jugoslávia, e ... porque eram de esquerda.
Outros tempos.

9:24 da tarde  
Anonymous EUROLIBERAL said...

ò filho da puta nazi ! 400 mortos são civis, mulheres e crianças. Porque dos heróicos combatentes do glorioso Hezbollah ainda nem 20 tiveram o martírio. Estão a derrotar os cães das SS Tsahal no sul, infligindo-lhes tantas baixas que o comando israelita já decidiu não publicar a contagem de baixas. E o próximo serás tu, porco nazi, vais ficar de goelas abertas...

9:13 da manhã  
Anonymous EUROLIBERAL said...

A criação do estado nazi-apartheidesco de Israel foi o maior crime de sempre da ONU (na altura quase só formada por países europeus com um grande complexo de culpa pelo holocausto e que decidiram compensar os judeus com a terra não dos nazis, mas de OUTROS).

De facto, o direito internacional (observado em todos os casos menos no da Palestina) impõe que a descolonização de um território colonial seja feita unitariamente para todos os seus residentes, independentemente da raça ou religião e sem importação maciça de novos colonos para substituir os anteriores. Descolonizar através de uma nova colonização mil vezes mais cruel que a anterior (os ingleses não expulsaram nem roubaram a casa a nenhum palestiniano e não discriminavam nenhuma das 3 religiões) é um crime contra a humanidade miserável ! iSSrael nasceu de um crime e sobrevive (por enquanto) através de um crime contra a humanidade permanente. O castigo será terrível !

9:15 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

euro liberal, filho de grande e old outa, nazi es tu.

10:57 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Puta. o teclado falhou. Descendente directa de uma puta

10:58 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home